14 de mai de 2012

Trechos: Uma vida inventada - Maitê Proença

"A insistência era um tanto forçada e a situação também, pois aquele homem era equânime. Impecável no trato com seus alunos, não costumava privilegiar nenhum com deferências especiais. Uma carona, assim, a dois, teria sido motivo de ciumes entre os colegas, não fosse uma circunstância que naquele instante só ele conhecia pelo telefonema que atendera a um minuto antes. [...] Estava conduzindo uma criança de 12 anos em direção a um acontecimento para o qual nenhuma escola a havia preparado. Queria dizer algo surpreendente, definitivo, que pudesse torná-la imensamente forte e invulnerável às injustiças do mundo. [...] Mas, incapaz, sentiu-se como o algoz que leva um inocente para cumprir sentença. [...] Estacionou sem explicar por que não seguia mais trezentos metros até o portão da casa dela. Não podia. À frente da casa, um aglomerado de pessoas crescia para todos os lados. [...] De longe a menina olhou aquilo e um num primeiro momento não relacionou à sua casa. [...] Quem matou quem? E como a negra não respondia se fora o pai que matara a mãe ou a mãe que matara o pai, ela deixou-se cair novamente no assento do carro, enquanto o mundo se interrompia num hiato. E esperou. Tudo esperou. [...] E a brisa soprou novamente em seu rosto [...] o professor lhe contou o que queria saber, e nem um detalhe a mais. Os pormenores viriam era certo, minuciosos e vis, rápidos e por pessoas que ela nunca havia visto antes". p. 41 a 43

15 comentários:

  1. O texto da Maitê me parece uma biografia - não - biografia, onde o evento da morte da mãe a deixa presa numa realidade que não é a que ela deveria pertencer.

    Bonito e reflexivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou maravilhada, nunca havia lido nada dessa linda e talentosa atriz, e agora também excelentíssima escritora. Apesar de narrar um acontecimento tão triste de sua vida, o faz com muita sobriedade.

      Excluir
  2. Seguindo seu blog, gostei muito daqui.
    Segui o meu tbm?
    Bjos...
    http://detudoumpoucodany.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nunca havia lido nada da Maitê, até agora. Muito profundo o texto, ela escreve de um jeito calmo, bem interessante. Gostei mesmo. Ah, obrigada por seguir o blog, também estou te seguindo. Te espero lá de volta. Beijão. ;*

    http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/
    @LariCrazy_

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro da Maitê e gostei muito do fichamento, parece ser bem legal a obra como um todo. Adorei também o seu cantinho porque sou apaixonada por leitura. Já estou te seguindo.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Passando pela primeira vez e já vendo um livro que não conhecia. Não sabia que ela era escritora tb. Estou te seguindo bjos

    ResponderExcluir
  6. Boa noite,

    Não conhecia esse livro, mas não faz muito o meu estilo....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro e nem sabia que ela era escritora.sua resenha ficou ótima.parabéns,.
    Já estou seguindo ,pois sou apaixanada por leitura.
    bjos
    http://umpoucomaisdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Já estou seguindo seu blog também, fico feliz que tenha gostado do meu blog =D Caso queira fazer parceria (entre blog)é só me avisar!

    Beijos e parabéns pelo blog
    @AngelKiller_
    http://anime-daiki.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi tudo bom ?
    Essa é a minha primeira visita no blog e já adorei.
    Ele é lindo. Espero voltar mais vezes.

    Abraço
    Caio Rodrigues
    linhasdeencanto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Não conhecia esse livro da Maitê e nem sabia que havia escrito um livro.
    Bom saber!
    Abraço...

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia livro algum da Maitê, o nome de fato é familiar, bom, eu gostei do livro, parece interessante (: quando tiver mais tempo vou dar uma procurada nele, e ler algumas páginas rs

    Seguindo de volta Mica! Obrigada pela visitinha! Entre sempre que puder!

    beijos, @Karol_hearts
    http://queridos-pensamentos.blogspot.com.br /

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia este livro, na verdade não sabia que ela escrevia.
    Valeu pela dica.

    Bjos!
    Cida
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  13. Às vezes nós queremos fazer parte de um mundo do qual não podemos ir porque o momento não convém.
    Fiquei interessada em ler o livro dela. Não o conhecia, mas parece ser bom...



    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  14. Olá! Tudo Bem! Meu nome é Ulisses e visitei o seu Blog.
    Gostei e estou seguindo. Adicionei como seguidor se não se importa.
    Também tenho 4 blogs e gostaria que você o visitasse.
    E se possível entrar como seguidor. Obrigado
    Os meus blogs são:
    http://truquedevida.blogspot.com.br/
    http://olhosdnoite.blogspot.com.br/
    http://melquisarcarde.blogspot.com.br/
    http://concientein.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir